A minha ida à Disneyland Paris

By Ana • Família, Intervac, Viagens • 20 Feb 2018

Fui à Disneyland por duas vezes, no Verão de 2016 e no Verão de 2017.

Na primeira ida, ficámos 15 dias em Paris e visitámos a Disney 6 dias. O local escolhido foi a zona da Place de la Nation em Paris pois tem ligação directa à Disney por comboio (linha RER-A).

Chegávamos à Disney em 40 minutos e a estação é literalmente à porta da Disneyland. Nos restantes dias em que queríamos visitar Paris, tinhamos só de apanhar o Metro e em 15 a 30 minutos estávamos no ponto desejado.

Optámos pela nossa forma favorita de fazer férias, a troca de casa 🙂 Depois de umas pesquisas no site do Intervac encontrámos a casa ideal, um apartamento de uma família com 3 filhas. Assim para além de usufruirmos da casa, usufruimos dos brinquedos e pudemos discutir sobre quem ficava com a parte de cima do beliche!…

Só mesmo com o alojamento a custo zero é que nos foi possível ficar tanto tempo em Paris…. 15 dias! E também facilitou as refeições, pois estando numa zona residencial, tinhamos vários supermercados onde nos abastecer de levarmos saladas já prontas connosco para a Disney ou de material para fazer jantares simples em casa. Escrevi um artigo sobre esta troca de casa para a Disneyland para o blog do Intervac (em inglês)

Saladas de supermercado foram boa forma de fazer as refeições na Disney

Por outro lado, tinhamos também “vida de bairro”: podiamos ir ao parque infantil mesmo à frente da porta ou explorar o pequeno comércio e restaurantes das redondezas.

Aqui estamos nós de partida para a Disney, à porta de casa

E os miminhos que nos deixaram os nossos parceiros de troca, incluindo uma mensagem em Português…

 

Para entrar na Disney foram precisos bilhetes, claro 🙂 Após muita pesquisa, a maneira mais barata para visitar a Disney foi mesmo comprar passes anuais. Desde que fomos, os tipos de passes já são diferentes, mas compensa desde que queiram ficar 2 ou mais dias na Disneyland, não estejam alojados nos próprios hotéis do parque e os dias em que vão visitar não sejam consecutivos nem estejam na lista de dias excluídos.

 

Na segunda ida ficámos apenas 3 dias pois estavamos só de passagem para a Córsega e iamos aproveitar os passes anuais que tinhamos comprado em 2016 e que nois permitiam ainda entrar sem voltar a comprar bilhetes.

Para essa vez a estadia era demasiado curta para uma troca de casa, pelo que decidimos alugar um apartamento através do Airbnb (alojamento local para a Disneyland também não é má opção). O escolhido foi um apartamento T1 em Bussy-St-George. A partir dali eram 2 paragens apenas na linha RER-A de comboio, o que levava cerca de 10 minutos.

O único problema deste apartamento é não ter ar condicionado. Nós apanhámos dias anormalmente quentes e apesar de dispormos de uma boa ventoinha, não foi suficiente.

Depois de tudo isto, para nos organizarmos consultámos o plano de actividades, idêntico ao que está disponível no próprio parque http://download.disneylandparis.com/Disneyland-Paris_Shows-and-Parades.pdf

Usámos também a app oficial da Disneyland Paris https://play.google.com/store/apps/details?id=fr.disneylandparis.android&hl=en

Esta app precisa de net, mas com os custos de roaming tão reduzidos que temos agora dentro da UE é excelente para ver os tempos de espera das atrações em tempo real e localizá-las no mapa.

Tags: ,

Comments are closed.